Pegando um trem no Japão

Com tantos tipos de trens e companhias no Japão, resolvi fazer um guia rápido sobre o assunto.

Os trens podem ser divididos nas seguintes categorias:

Local (kakueri-teisha ou futsu-densha): Os trens locais param em todas as estações

Rapid (kaisoku): Os trens rápidos não param em todas as estações. O preço da passagem é o mesmo do trem local.

Express (kyuko): Os trens expressos pulam ainda mais estações do que os trens rápidos.

Limited Express (tokkyu): Os trens chamados limited express param apenas nas estações principais.

Trem-bala (shinkansen): o trem-bala dispensa apresentações. O trem corre em linhas e plataformas separadas dos demais.


Além das categorias de trens, existem 2 categorias de assentos para os trens: classe econômica e primeira classe, disponíveis nos shinkansens, limited express e alguns trens mais lentos. Os trens locais, entretanto, em sua maioria possuem apenas assentos de classe econômica.

Os shinkansens e os trens limited express tem vagões para assentos livres e vagões para assentos reservados. O custo para reservar um assento varia de 300 a 700 yen, mas não tem custo para quem possui o JR Pass.

COMO COMPRAR SUA PASSAGEM DE TREM:

As passagens para viagens curtas podem ser comprados em máquinas e as passagens para viagens longas nos balcões de vendas nas estações de trens.

Na máquina:

1 – Ache o seu destino e o custo da viagem no mapa que se localiza na parte superior da máquina. O mapa mostra as linhas de trens e estações de determinada região. Os preços das passagens estão escritas embaixo de cada estação.

2 – Insira o dinheiro na máquina. A maioria das máquinas aceitam moedas de 10, 50, 100 e 500 yen e notas de 1,000 yen. Algumas máquinas também aceitam notas de valor maior.

3 – Escolha o número de passagens que pretende comprar. O padrão da máquina é 1 passagem, portanto se estiver viajando sozinho, pode pular esse passo.

4 – Aperte o botão que mostra o número de passagens.

5 – Pegue suas passagens e o troco (se houver).

dica: às vezes, os mapas só mostram as estações em japonês. Se você não saber ler japonês, e não consegue achar o seu destino não se preocupe. Compre a passagem mais barata que tiver e pague a diferença em outra máquina na estação do seu destino.

No balcão de vendas:

Para comprar a passagem no balcão, você vai precisar dar ao atendente as seguintes informações:

- número de viajantes;

- dia da partida;

- estação de embarque;

- estação de desembarque;

- se vai querer classe econômica (ordinary) ou primeira classe (green car);

- se prefere assento reservado ou assento livre (caso queira o assento reservado, deverá ainda especificar qual é o trem – nome e número – ou o horário de partida e se prefere um vagão fumante ou não fumante. ufa);

Passando pela catraca:

Depois que você comprou sua passagem, é só passar o ticket pelas catracas automáticas. Se o ticket for inválido, um alarme vai soar e a portinhola da catraca se fecha.

Se você possui JR Pass, não poderá passar pelas catracas automáticas. Normalmente do lado esquerdo ou direito das catracas automáticas tem um portão com um funcionário da estação. Você deverá mostrar seu passe a ele, e ele liberará sua entrada na plataforma.

Caso você esteja se dirigindo para a plataforma do trem-bala, deverá ainda passar por um segundo portão, dentro dos mesmos procedimentos.

Uma vez na plataforma…

Achar sua plataforma é fácil. Basta olhar para as placas que informam as linhas dos trens e suas direções. Quase todas as placas tem informações em japonês/inglês.

Além disso, em boa parte das plataformas existem marcas no chão indicando onde as portas do vagão de número x/sy/z vai parar, se é green ou ordinary, reservado ou não, fumante ou não. Normalmente você verá uma fila de japoneses educados se formando atrás das tais marcas.

Dentro do trem, faça como os japoneses. Se o vagão estiver lotado, não obstrua as portas. Coloque sua mochila no chão ou no compartimento superior do trem para não atrapalhar a passagem. E observe como eles nunca encarem ninguém e estão sempre ocupados jogando no celular, lendo mangás ou jornais ou dormindo. É divertido. E se prestar mais atenção, notará que ninguém fala ao telefone dentro do vagão. Se este toca, o cidadão gentilmente sai na próxima parada para atender ao celular.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s