Andando de trem e metrô em Tokyo

Tokyo é servida por 2 companhias de metrô e várias companhias particulares de trens além da JR. Todas se misturam nas estações, causando uma confusão na cabeça dos turistas desavisados. O maior problema que eu encontrei na minha viagem foi comprar tickets de uma companhia quando na verdade eu queria usar a linha de outra companhia e a catraca soava o alarme devido ao bilhete errado. Chato. Pior quando se demora para entender que o bilhete não passa porque a rede de metrô não é operada apenas por uma companhia como nas outras grandes cidades em que você já esteve.

Por isso vou tentar elucidar um pouco como funciona o sistema de transporte subterrâneo da cidade. Já peço desculpas porque o post pode ficar um pouco confuso. Mas garanto que será melhor do que chegar lá na ignorância.

As companhias de metrô que operam na cidade são a Toei e a Tokyo Metro. A Toei tem 4 linhas. A Tokyo Metro, 9. Juntas somam 13 linhas e cobrem a área central de Tokyo e a área ao redor de Ginza e Shitamachi. Além disso, tem a JR East, companhia de trem que cobre boa parte da cidade. Trocando em miúdos, cada companhia requer tickets distintos.

Linhas do Tokyo Metro: Ginza, Marunouchi, Hibiya, Tozai, Chiyoda, Yurakucho, Hanzomon, Namboku, Fukutoshin.

Linhas da Toei: Asakusa, Mita, Shinjuku e Oedo.

A JR tem muitas linhas, mas as que tem o maior interesse para os viajantes são 3: Yamanote line,  Chuo line e  Sobu line.

Sua melhor amiga será sem dúvidas, a Yamanote line, a linha de trem circular de Tokyo que cobre as 6 maiores estações da cidade (Tokyo, Ueno, Ikebukuro, Shinjuku, Shibuya e Shinagawa).

Cartões pré-pago e passes diários

A enorme vantagem de se obter um cartão pré-pago (SUICA ou PASMO) é que você não precisa ficar comprando tickets para cada empresa. O valor é debitado assim que você passa o cartão na catraca. Isso poupa muita dor de cabeça, já que você não precisa ficar adivinhando qual é a maquininha de bilhetes da empresa X ou Y (todas parecem iguais). O lado ruim é perder os descontos dados quando se compra os bilhetes separadamente.

Os passes diários por sua vez, são oferecidos em diversas opções mas nem sempre compensam porque são caros ou não cobrem todas as linhas de trem/metrô de Tokyo. São eles:

– Tokyo Free Kippu (1,580 yen): válido para todas as companhias + ônibus. Mas é caro.

– Toei and Tokyo Metro One-Day Economy Pass (1,000 yen): Válido somentre para o metrô. O passe se paga se você for usar muito o metrô neste dia.

– Tokyo Metro Open Ticket (1 dia: 600 ou 710 yen; 2 dias 980 yen): Como diz o nome, válido apenas para as linhas da companhia Tokyo Metro. O passe comum custa 710 yen, enquanto que o passe para o turista custa 600 yen. A versão para o turista só está disponível no aeroporto de Narita.

– Toei One Day Economy Pass (700 yen): Válido para as  linhas de metrô da Toei + ônibus.

– Tokunai Pass (730 yen): Uso em todas as linhas da JR na área central de Tokyo.

– Holiday Pass (2,300 yen): Uso ilimitado por 1 dia de trens locais e rápidos da linha JR na grande Tokyo (incluindo Yokohama e Kamamura). Só pode ser usado aos sábados, domingos e  feriados.

SUICA ou PASMO? Qual é melhor?

Se é pra ficar apenas em Tokyo, não faz diferença, pois ambas são aceitas. Porém a SUICA pode vir a ser uma opção melhor, já que pode ser usada em todas as linhas da JR enquanto a PASMO está limitada apenas à Grande Tokyo e algumas partes de Niigata e Sendai. Uma ótima opção de custo-benefício seria adquirir o SUICA-NEX package.

2 Respostas para “Andando de trem e metrô em Tokyo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s